terça-feira, 28 de março de 2017

Aceesp e FPF se manifestam sobre o caso Carlos Batista

Carlos Batista é obrigado a ficar agachado na cabine durante transmissão em Sorocaba


A Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo e a Federação Paulista de Futebol  divulgaram notas de repúdio sobre o incidente envolvendo o narrador Carlos Batista, da Rádio Bandeirantes, de Campinas. No último domingo, durante a partida entre São Bento e Ponte Preta, válida pelo campeonato paulista, Batista teve de ficar agachado na cabine para fugir da hostilidade de parte dos torcedores locais. A partida aconteceu no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

A Aceesp, entidade responsável pelo credenciamento da imprensa, informa que acionou s presidentes do Esporte Clube São Bento, Fernando Martins da Costa Neto, e da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, a fim de que providências sejam tomadas.

Segue a nota: “Infelizmente, não é a primeira vez e não se resume a um clube, a um jogador, a uma torcida, nem a um estádio especificamente. A cada dia a intolerância se faz presente nas praças esportivas com episódios lamentáveis de agressões contra profissionais de imprensa que estão apenas no exercício da profissão cumprindo seu dever de informar. A ACEESP repudia toda e qualquer agressão contra jornalistas, que fere a liberdade de expressão e o direito garantido na Constituição”.

Por sua vez, a Federação Paulista de Futebol, organizadora da competição, disse na sua manifestação que “todo profissional de imprensa tem o direito de atuar livremente dentro de seu espaço dedicado, esteja ele dentro ou fora do seu município de origem”. E encerra dizendo que vai dialogar com a diretoria do São Bento para que casos como esse não voltem a se repetir.

Até agora, o São Bento não usou seus canais oficiais para se pronunciar sobre o caso. No entanto,  a assessoria de imprensa do clube fez apenas uma breve manifestação ao portal UOL dizendo que essa atitude dos torcedores não representa a torcida do clube, formada por gente pacífica e muitas famílias. Leia aqui.
Leia aqui a nota da Aceesp: http://www.aceesp.org.br/site/?p=4589

Leia aqui a nota da Federação Paulista de Futebol:  http://www.futebolpaulista.com.br/Noticias/Detalhe.aspx?Noticia=1328

Por: Rodney Brocanelli

quarta-feira, 22 de março de 2017

O ultimo a sair apague a Luz! Estão Acabando com a Rádio Globo

Depois de 30 anos, Antônio Carlos pode deixar a programação da Rádio Globo


Em 1987 chegava o “Show do Antônio Carlos” na programação da Rádio Globo do Rio de Janeiro. Em 15 de maio de 2017 o líder de audiência no segmento popular pode deixar a programação da emissora da Rua do Russel. O comunicador não confirma, mas está apreensivo com o destino que seguirá. A saída da grade faz parte da reformulação que a rádio fará até maio.

A ele foi feito uma oferta: poderá ter um programa aos sábados e domingos, certamente porque a preocupação é não perder os anúncios do Supermercados Guanabara, principal cliente de sua agência publicitária.

O programa “Show do Antonio Carlos” completou 40 anos na última sexta-feira, sendo transmitido nos 10 primeiros anos pela Rádio Tupi e nos últimos 30 pela Rádio Globo.

Roberto Canazio nega ter sido comunicado de qualquer mudança, mas a diretoria tende a tirar o líder Manhã da Globo da grade.

Conforme antecipado pelo site Rádio de Verdade há meses, Otaviano Costa deve ter um programa de 08h às 11h. Circula pelos corredores da emissora que Mariana Godoy deve ter um programa de notícias de 06h às 8h.  Também está confirmada a contratação da locutora Rafaela Ferraz (ex-JB FM), para apresentar a faixa musical no período da tarde.

Não temos informações sobre qual será o destino dos demais integrantes da equipe do programa que são: Juçara Carioca, Gelcio Cunha, Aldenora Santos, Zora Yonara, Renato Cantharino e Tuninho Malvadeza.

A grade dúvida agora é o que vai ser feito do “Momento de Fé”, apresentado pelo Padre Marcelo Rossi. Este é o programa de maior audiência do rádio brasileiro e praticamente garante a média da Globo no IBOPE há mais de uma década.
A confirmação da saída do “Show do Antonio Carlos” da grade de programação da Rádio Globo só aumenta os rumores sobre uma possível ida do programa, que é líder de audiência nas manhãs do Rio, para a Super Rádio Tupi, a principal concorrente da Globo no Rio.

Por Sergio Solon Santos

quinta-feira, 9 de março de 2017

Rádio Capital voltará a transmitir futebol


A partir da próxima segunda-feira, a Rádio Capital (SP) voltará a contar com uma equipe para a transmissão das principais partidas do futebol brasileiro. O comando será de Weber Lima. Ele comandará um  programa esportivo diário das 18 às 19 horas. As transmissões aconteçerão  às quartas, quintas, sábados em domingos. O narrador será Hugo Botelho. Participações de Zetti, Basílio, Veloso, Marcelo Lima, Douglas Araújo, nomes que faziam parte da antiga equipe da Rádio Estadão. A estreia acontece na próxima segunda, dia 13.

A boa notícia é a volta ao dial paulistano de Hugo Botelho, que deverá conciliar essa função de narrador principal (e único?) da Capital com seu trabalho nos canais ESPN e na Rádio Bandeirantes, de Campinas.

No ano passado, a Capital transmitiu jogos de futebol com uma equipe  que teve Paulo Eugênio, filho do comunicador Paulo Barboza, cuja caraterística era a uma transmissão totalmente a favor dos times paulistas, com narradores identificados com os principais clubes de São Paulo. Diguinho Coruja  foi o narrador dos jogos do Corinthians, para ficar nesse exemplo.

Por Rodney Brocanelli

E segue a Datenodependência no Grupo Bandeirantes


O fim da Bradesco Esportes FM não significara o fim da experiência radiofônica atual de José Luiz Datena no Grupo Bandeirantes. A Rádio Bandeirantes já tem um programa reservado para ele, que vai estrear na próxima segunda. O material de divulgação publicado nas redes sociais  chama a atração de “Manhã Bandeirantes: 90 Minutos de notícia e opinião com José Luiz Datena“. No entanto, não seria surpresa se o nome “90 Minutos”  for mais utilizado no ar.

Essa mudança é apenas mais um reflexo da Datenodependência, sobre a qual já falamos aqui e em outros espaços (clique aqui). Não basta apenas Datena ter sucesso na televisão. Ele é encaixado onde se necessite da sua presença. O caso da Bradesco Esportes é emblemático. Em 2014, ele chegou à emissora para apresentar o Nossa Área e a resposta da audiência foi muito expressiva.

Se Datena é o cara que ajuda as rádios do grupo a conquistarem bons resultados, nunca é demais esquecer que as variações de seu humor podem criar incidentes. Em 2012, ele chegou a abandonar a apresentação do “Manhã Bandeirantes” devido a desentendimentos com a produção.

Com a chegada de Datena, não se sabe qual será o futuro de Marcelo Duarte, atual apresentador do “Manhã Bandeirantes”.












Por Rodney Brocanelli

sexta-feira, 3 de março de 2017

Deve ser o motivo da demissão de Haroldinho!

Anthony Garotinho volta para a Super Rádio Tupi



Acreditem se quiser, Anthony Garotinho, e o novo reforço da Super Rádio Tupi.

Ele assinou contrato com a emissora e dia 13 de março estreia seu programa as 9hs.

Garotinho não virá sozinho muito provavelmente trara sua equipe que esteve com ele na Manchete AM.

Vejam a postagem de Anthony Garotinho na sua página no facebook.

quarta-feira, 1 de março de 2017

Bradesco Esportes FM deixa dial carioca!

BRADESCO ESPORTES SE MANIFESTA SOBRE FIM DAS ATIVIDADES NO RIO DE JANEIRO




A Bradesco Esportes FM do Rio de Janeiro já não conta mais com programação local. Os trabalhos da equipe foram encerrados na última sexta-feira (24). A partir das 20h00 do mesmo dia, a rádio passou a retransmitir a Bradesco Esportes FM de São Paulo.

No dia seguinte aconteceria os jogos semifinais da Taça Guanabara que não contou com transmissão da emissora carioca. Um comunicado oficial sobre o fim da grade local foi publicado pela emissora na internet.

"Em respeito aos nossos milhares de ouvintes, confirmamos o fim das atividades da Bradesco Esportes FM no Rio de Janeiro. Desde ontem retransmitimos a programação de São Paulo. Queremos especialmente agradecer pela companhia, colaboração e participação. Sempre mantivemos a filosofia de fazer uma rádio por e para os espectadores. Esta será a última mensagem postada na página mas o conteúdo será mantido para consulta e homenagem aos profissionais que por aqui passaram. Continuem prestigiando as emissoras do Grupo Bandeirantes de Comunicação. Em breve, teremos novidades. Felicidades a todos!", diz o comunicado.

por:Esporteemidia.com

Mudanças no dial de Porto Alegre!

Rádio Pampa retorna ao dial FM de Porto Alegre. Eldorado deixa a sintonia 97.5 FM


O mês de março começou movimentado no rádio da Grande Porto Alegre. A Rádio Pampa AM 970 retornou ao dial FM da capital gaúcha, substituindo a Eldorado FM 97.5. A mudança pegou de surpresa a audiência e o mercado local, já que não houve aviso público sobre as novas alterações entre os canais geridos pela Rede Pampa. Além da estreia da Rádio Pampa FM 97.5, a Eldorado foi deslocada para o canal 1020 AM (este que estava retransmitindo a 104 FM 104.1, também da Rede Pampa).


A estreia da Rádio Pampa em 97.5 FM causa a terceira mudança de projeto neste canal em menos de três anos. Em abril de 2014, a frequência deixou de operar como afiliada da rede Jovem Pan FM (marca que hoje está em 90.7 FM, através da afiliação com outro grupo gaúcho) e assumiu a programação da Eldorado (que antes operava em 96.7 FM). A trajetória da popular/eclética Eldorado em 97.5 FM foi encerrada às 23h59 de ontem (28) e, desde a meia-noite de hoje (1), o projeto ficou concentrado em 1020 AM.

Com a nova mudança entre canais da Rede Pampa, a Rádio Pampa retornou ao dial FM, projeto que teve uma passagem rápida em 96.7 FM entre 2014 e 2015 (também substituindo a Eldorado no canal, nas trocas que envolveram a saída da Jovem Pan FM). A Rádio Pampa permaneceu em FM até abril de 2015, quando foi substituída pela Liberdade em 96.7 FM (detalhe: desde dezembro de 2015 o canal transmite a atual Rádio Caiçara FM 96.7). 

A Rádio Pampa é uma rádio “News” da Rede Pampa, que continua também em 970 AM.


Fonte: Tudo Rádio

Aceesp e FPF se manifestam sobre o caso Carlos Batista

Carlos Batista é obrigado a ficar agachado na cabine durante transmissão em Sorocaba A Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de...